A normalidade é algo dispensável, trivial!



Na imagem serei eu mesma, porque sim!



Como a sociedade consegui detectar um louco fora do padrão? Existe uma linha para separar o normal do anormal? Não exatamente, mas o simples fato de termos uma visão diferente do resto do mundo já nos transforma em insanos, vergonha da comunidade. 


Sabe aquela celebre frase "A maior evidência de insanidade é fazer a mesma coisa todos os dias e esperar resultados diferentes" (que até hoje eu não sei à quem atribuir)? Pois é dessa forma que eu observo nossa sociedade quimérica. é dessa forma que muitos vivem. Pobres iludidos, estão seguindo o cominho da iniquidade.


Eles querem que eu seja assim também. A normal, a correta, a mulher tradicional brasileira. Siga as regras, seja comportada, não discuta, vá com a corrente, senta, rola, dá a patinha...


MAS EU GOSTO DA MINHA INSANIDADE MEUS CAROS. Gosto de corromper a realidade e transformá-la em algo que seja só meu, que me faça feliz, me mostre o verdadeiro caminho e me entregue à vida, nunca á uma mera sobrevivência. 


Se eu seguir as suas regras digníssima sociedade, ai sim poderei dar adeus a minha sanidade. 


Aplausos aos insanos que fazem da loucura uma realidade feliz e única. Realidade essa que faz a loucura ser normal, e a normalidade algo dispensável!

0 comentários:

Use este espaço à vontade, mas com respeito e moderação. Agradecemos!